quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Caminhos cruzados

Deixa lá ver se eu percebi bem! Há uns 3 dias atrás o nosso ministro Gaspar informou o país que estávamos numa maratona. Mais precisamente lá pelo quilómetro 27 da maratona.

Agora, volvidos apenas 3 dias estamos numa encruzilhada!!

Eu fui falar com alguns amigos, especialistas em atletismo, sobre como eram organizadas as maratonas... se havia desvios, etc.

A informação que
recebi foi que não há! Não há desvios, não há atalhos nem encruzilhadas!! Mais ainda, todo o percurso da prova está devidamente balizado e ainda vão uns policias, de moto, à frente e outros atrás!!

Por isso, se o ministro que estava na maratona agora está numa encruzilhada, só há uma única explicação! Ele perdeu-se!

Na verdade ele, provavelmente, nunca soube por onde andou. Deve ser daqueles indivíduos, que para ter 1 minuto de glória, irrompem pelo caminho dos maratonistas para aparecer na TV... e depois seguem o seu caminho normal.

A questão aqui seria menos gravosa se o nosso maratonista fosse um corredor solitário... o problema é quando arrasta mais 10 milhões de maratonistas pelo caminho que julga correto para depois dizer que, afinal, enganou-se!!

Tudo isso seria, por si só, já gravoso... mas infelizmente não ficou por aí!! É que o nosso desorientado maratonista resolveu dizer que a culpa da sua desorientação foi da falta de união dos outros corredores... e deles terem reclamado quando alguns, lá atrás do pelotão disseram: - Oh Gaspar... acho que estás a ir pelo caminho errado!! E o Gaspar, lá na frente dos atletas a responder: - Não vês que esse é o único caminho possível??

Pois é... já saímos da maratona sem qualquer glória e chegamos a uma encruzilhada!!

A única vantagem da encruzilhada é que, por definição, tem, no mínimo, 2 caminhos! Seja qual for o que o Gaspar escolher, sempre podemos dizer que há um outro!!

Seria bom se ele fosse buscar uma bússola para se orientar... ainda que, pelo andar da carruagem, já não deva haver bússola ou GPS que oriente esse governo!
Enviar um comentário